É neste impasse que nos encontramos. Podíamos ser os protagonistas de mais uma bonita história de amor. Mas tu não vens, não tentas chegar-te ao pé de mim. Não tentas ser feliz. Tens medo, só pode ser isso. E achas que eu também não tenho? Já sofri muito, mas não deixo de amar as coisas mais lindas desta vida. Tu és uma dessas coisas. O que queres? Tu tens esse teu jeito especial. É impossível para quem está perto de ti ficar indiferente à tua presença. Agora imagina eu, que estou sempre por perto, mesmo que estejas a quilómetros de distância. Estás, preenches, és, o meu coração. Já não há nada que possa fazer. 
E é neste impasse que continuamos.

Sem comentários:

Enviar um comentário