Mais uma jornada complicada. Tudo por causa do coração. Ele está magoado. Não sabe em quem confiar a não ser nele próprio.
As pessoas têm vindo a desiludi-lo, e isso é quase como espezinhá-lo. As pessoas que ele mais ama, aquelas que pensava que nunca o iam desiludir. E agora está triste, como nunca esteve antes, esperando um sopro leve e quente de alguém que saiba consertar corações. Ele parou agora mesmo. Já não o sinto. Apenas um vazio...

Sem comentários:

Enviar um comentário