Tenho medo dos meus sonhos. Apenas porque sinto que eles nunca se irão realizar. Vejo a vida ultrapassar-me. As pessoas a irem com o vento, sobretudo as mais importantes. E eu continuo aqui, parada, com medo de avançar, apenas porque sou fraca. Sim, muito fraca.

Sem comentários:

Enviar um comentário