segunda-feira, maio 09, 2011

Não é a dor que é cruel.
É o amor que rasga a pele.

Também poderás gostar

0 comentários

Mais lidos

Facebook

Seguidores

Subscribe