quinta-feira, setembro 15, 2011

É quase impossível apreciar um pôr-do-sol sem sonhar, Michel Quoist.

Também poderás gostar

0 comentários

Mais lidos

Facebook

Seguidores

Subscribe