Não tenho sono. Quero continuar a escrever textos lamechas para alguém que sabe que existo mas que não sabe que se fosse preciso só existia por ele. Não quero ir já para a cama e não quero acordar amanhã, bem cedo, para ir aturar o Avô Cantigas inglês a dar Álgebra Linear e Geometria Analítica II - desculpem se vos assustei. Quero ficar o dia deitada e enrolada nos lençóis, de phones, a ouvir a When We Were Younger dos SOJA. Que a minha avó me grite da cozinha e me diga que já são horas de arrumar a mala, de lanchar qualquer coisa e de correr até à estação de autocarros. Que alívio será regressar a casa.

Sem comentários:

Enviar um comentário