quarta-feira, abril 11, 2012

Tu não conheces a história. Não sabes os motivos. Desconheces as circunstâncias. Nem as próprias cicatrizes te contam o passado. Só a mim elas falam, só a mim elas atormentam, só a mim elas matam. Lentamente.

Também poderás gostar

3 comentários

  1. oh, tão querida (:

    cicatrizes. tantas e tão difíceis de sentir.

    ResponderEliminar
  2. Hum, neste caso... acho que é tarde de mais :)

    ResponderEliminar
  3. muito bom. adoro.

    com estes textos ajudas-me, e a muitas outras pessoas que se identificam com o que sentes, estou certo. eu identifico-me. continuarei a ler o que escreves :)

    ResponderEliminar

Mais lidos

Facebook

Seguidores

Subscribe