24 de maio de 2012

Caminho pela cidade desconhecida. As pedras da calçada enumeram as histórias antigas dos que outrora pisaram aquele lugar. Profundas, as memórias de cada um dos que dobraram esquinas para roubar um último beijo às suas eternas e jovens paixões. Consigo sentir o fervoroso sangue, quente e poderosamente apaixonado, percorrer o meu corpo. Consigo reviver aquilo que ainda desejo viver. Só não consigo encontrar aquela esquina da cidade onde permaneces à minha espera. Pois eu própria ainda não me encontrei.

6 comentários:

  1. que lindo, adorei! antes de encontrares a pessoa ideal para ti tens de te encontrar. força, sim? *

    ResponderEliminar
  2. Olá..adorei o seu post,a sua forma de escrever..
    Parabéns.
    Se quiser da uma passadinha no meu blog,entre e fique a vontade:
    http://comamoremaiscaro.blogspot.com.br/

    grande beijo.sz

    ResponderEliminar
  3. Claro que é :)
    É a primeira vez que te visito, penso. Gostei muito.

    ResponderEliminar
  4. oh, claro que lembro. como tinhas o nome e design do blog mudados não pude reconhecer! boa mudança ;)

    ResponderEliminar