23 de maio de 2012

E se por nenhuma ou todas as razões quiseres partir, deixa em meus lábios um beijo de despedida. Deixa em mim a saudade daquilo que existiu em nós. Quero que o adeus fira o meu coração. Não quero, mais tarde, sentir que não detenho cicatrizes perpétuas da nossa história. Cicatrizes que não irão pesar a alma e ficarão apenas como lembrança de um amor para a vida.

Sem comentários:

Enviar um comentário