20 de maio de 2012

És o elo de ligação entre o que quero e o que não quero. Onde quero e onde não quero estar. É contigo que me sinto perto daqueles que mais falta me fazem. És o escape dos meus longos dias na grande cidade. Como me fazem bem todas as manhãs de quinta-feira. Todas as conversas que só fazem sentido porque ambos pertencemos ao mesmo lugar e às mesmas pessoas. É bom ter-te aqui por perto.

3 comentários:

  1. sabe bem termos alguém por perto, um alguém que nos percebe melhor do que ninguém. e desde já, muito obrigado. fico contente por saber que te identificaste, acho que esse é um dos propósitos da escrita: que os outros se revejam nas palavras que se escrevem.

    ResponderEliminar