E por que é que nada é do jeito que queremos? E do jeito que precisamos? Tudo me escapa por entre as mãos, geladas pelo vazio que sinto em mim. Será que um dia tudo isto irá passar? Quando tempo mais esperarei pela felicidade? Será que não a mereço? São tantas as perguntas para as quais não tenho resposta.

1 comentário:

  1. Claro que mereces a felicidade e ela aparecerá quando tu menos esperares!
    Força, beijinhos :)

    ResponderEliminar