22 de agosto de 2012

Não importa o que eu faça, o que eu diga, o que eu demonstre. Se vou embora, você não corre atrás. Se digo que estou bem, você acredita. Se choro, você não me abraça.

1 comentário: