domingo, agosto 12, 2012

Tens um ar cansado e os teus olhos cor de mel ficam envermelhados quando o sono vem ao teu encontro. Não consegues manter o corpo erguido e aproveitas isso com desculpa para deitar a cabeça no meu colo. Enrolaste na quente manta branca que costuma estar estendida ao longo do sofá e, num gesto delicado, coloco a minha mão sobre os teus cabelos longos e ondulados. Sinto a suavidade dos fios cor de avelã enquanto te faço cafuné. Sei que adoras; e também sei que podíamos ficar assim toda a noite.

Também poderás gostar

5 comentários

  1. Fazes bem fofinha, fazes mesmo bem!
    By-the-way adoro este texto!

    ResponderEliminar
  2. Não tens de agradecer flor, não tens mesmo!

    ResponderEliminar
  3. gosto tanto! escreves tão bem patrice *.*
    /cricas fofa eheh *

    ResponderEliminar

Mais lidos

Facebook

Seguidores

Subscribe