19 de agosto de 2013

Palavras

Palavras. Podem dizer-nos tudo ou nada. São capazes de destruir ou fazer alguém renascer. Muitas vezes, conseguem tudo isso ao mesmo tempo. Palavras são como pessoas, por isso, não devemos procurar a sua perfeição, quando qualquer um de nós tem a capacidade de interpretá-las da forma que quiser e dar-lhes qualquer sentido. Aprendi isso hoje, quando chorei pelas tuas palavras. E jurei que mais ninguém me iria pisar com aquilo de que demais precioso tenho. Palavras. Algumas, deixaram-me ir ao fundo, mas logo outras me trouxeram para cima. As pessoas também assim o são - incertas. E a incerteza faz com que o coração doa e que os olhos ardam lotados de lágrimas salgadas; e as atitudes fazem-me sentir vazia porque, por momentos, deixei de ver nos teus olhos o reflexo da minha pessoa. Quem mudou, afinal?

5 comentários:

  1. Isso é bem verdade, principalmente quando esse sonho foi real outrora e queremos que ele o volte a ser.
    Gostei do teu blog, é lindo!

    ResponderEliminar
  2. lindissimo*
    é tão verdade que as palavras podem fazer o que quiserem connosco. mas tb é verdade que cada um de nos fica encarregue de lhe empregar o sentido que quiser*

    ResponderEliminar
  3. As pessoas interpretam as palavras como querem, porque é assim que lhes convém. Infelizmente, é assim.

    ResponderEliminar