18 de maio de 2014

Lembrei-me de ti

Quando os últimos dias não correm como estavas à espera. Quando te sentes sozinha e esquecida por todos. Quando vais sair para estares com os teus amigos, mas lá no fundo sabes que não serás uma boa companhia para eles; não agora. Quando tudo isto aconteceu, ele chegou perto de mim, esticou a sua mão e nela segurava um pequeno caderno, com a capa mais querida do mundo - um panda!

- Fui a uma feira, vi o panda e lembrei-me logo de ti porque sei que adoras!

Sem razão alguma ele ofereceu-me aquilo. Só porque se lembrou de mim! Não tinha palavras para agradecer o carinho. Simplesmente o abracei e beijei o seu rosto. Nunca ninguém me tinha feito algo assim; e foi ele a primeira pessoa. Estou feliz; muito feliz!

1 comentário:

  1. As coisas mais simples são as que nos fazem mais felizes. Ás vezes basta-nos a certeza de termos sido lembrados.

    ResponderEliminar