25 de junho de 2014

Amei


O chão que piso, muitas vezes me foi retirado e senti que nunca mais voltaria a estar onde me encontrava. Chorei rios e jurei cumprir promessas que quebrei. Perdi todo o fôlego quando tentei emergir no meio da tempestade. Afoguei-me em mim e na minha dor. Mas renasci. Umas vezes mais forte do que outras, mas nunca mais fraca do que no princípio. Sorri para o céu cinzento e sequei as lágrimas pousadas no meu rosto. Voltei a sonhar e a iludir-me de novo. Mas vivi. Inspirei toda a esperança do mundo para manter o pulsar do coração. Agarrei a oportunidade e deixei-me levar em busca de uma aventura perdida por ti. Parti-me em mil doce pedaços ao relembrar e guardar-nos em mim. Mas amei...

8 comentários:

  1. As vezes pode parecer difícil demais continuar, mas com muita força conseguimos ... é algo natural.

    ResponderEliminar
  2. Se te fazer mais triste do que feliz, deixa ir. Por vezes somos mais fortes em deixar ir do que propriamente manter :)
    r: Sim isso é verdade. Aliás, aprendemos com os erros, e obrigada!

    ResponderEliminar
  3. E que tenhas sempre força para te reergueres :)

    ResponderEliminar
  4. r: Exato! Também gosto de sentir que não sou a única pequenina (:

    ResponderEliminar
  5. Mas amei, e que pode ser mais bonito que amar acima de todas as coisas?

    Amei o texto, simples, mas forte e carregado de sentimentos lindos.

    Beijos.

    eraoutravezamor.blogspot.com
    semprovas.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. é dificil quando nos tiram o chão, mas ao menos vivemos :)

    ResponderEliminar
  7. r: Eu sei de tudo isso, querida, eu sei. Eu sei que preciso de ver o mundo e conviver com ele para me manter sã. Eu sei. E obrigada pelas tuas palavras, mesmo :')

    ResponderEliminar