Quem sou


Era uma vez uma menina tímida. Patrícia, vinte e dois anos, um metro e cinquenta e oito de altura. Hoje escrevo sobre mim. Quem sou. De onde venho. Para onde quero ir.
Quase licenciada em Matemática Aplicada, divido-me entre números e letras para me completar. Sempre fui uma aluna exemplar, até chegar à faculdade e sentir o sabor da liberdade. Foi também na faculdade que a paixão da escrita se reacendeu, pois refugiei-me nela quando as saudades de casa eram maiores; quando encontrei o amor e ele me fugiu entre as mãos.

Portuguesa. Filha mais velha dos melhores pais do mundo. Mas, sobretudo, menina do papá. Eternamente infeliz pela morte da minha avó guerreira, vítima de cancro da mama. Eternamente grata pela família que tenho, mesmo quando não o demonstro.
Sofro de variações de humor constantes: num momento sou a dona do mundo, no outro estou no fundo do poço. Já tive uma depressão grave. Não gosto de acordar e ter de dar ou receber beijos de bom dia. Não gosto de dar ou receber beijos de boa noite antes de me deitar. Irrito-me com muita facilidade. Sou organizada no meio da minha confusão. Tenho medo de falhar. Sou perfeccionista. Não vivo sem música. Viciada em séries. Adoro beijos na testa.

Romântica incurável, convicta de que é o amor que nos move. Já sofri muito por amor não correspondido. Já sofri muito por amar demais e não amar quem me amava. Demasiado sonhadora quando deveria ter os pés mais assentes na terra. Choro por tudo e por nada. Rio por tudo e por nada. Espero sempre o melhor das pessoas que me rodeiam. Iludo-me muitas vezes.

Patrícia, vinte e dois anos, um metro e cinquenta e oito de altura. Sou muito mais do que aquilo que penso ser. Quero ser muito mais do que aquilo que sou.

ESTE TEXTO FAZ PARTE DA BLOGAGEM COLECTIVA DO GRUPO BLOGS UP


Patrícia Lobo
Romântica incurável, convicta de que é o amor que nos move. Portuguesa. Filha mais velha dos melhores pais do mundo. Mas, sobretudo, menina do papá. Amante de letras e números. Viciada em séries, música e beijos na testa.
Vinte e três anos, um metro e cinquenta e oito de altura. Sou muito mais do que aquilo que penso ser. Quero ser muito mais do que aquilo que sou.

11 comentários:

  1. Excelente! Gostei muito de saber mais de ti :)

    ResponderEliminar
  2. Patrice amei saber mais um pouquinho sobre você.
    E sobre a variações de humor super me identifico sou assim também.
    Postei o mesmo que tema que você também.
    Beijão ♥

    ResponderEliminar
  3. Olá Patrice, gostei de conhecer você e seu blog. Tudo muito elegante e discreto.
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Patrice, que texto mais lindo! :)
    Ele me lembrou o poema que li certa vez, que falava justamente sobre ser do tamanho do sentimento e não da própria altura.
    Vi-me nas suas palavras!

    Beijos,

    Algumas Observações

    ResponderEliminar
  5. Adorei e identifiquei-me imenso, está o texto bem apanhado sobre a tua pessoa, gostei de te conhecer melhor!
    :)

    Um beijinho e desejos de um bom fim-de-semana! *

    ResponderEliminar
  6. Gostei de te conhecer um bocadinho melhor,adorei o teu texto,super encantador!! Feliz mês de Novembro para ti,tudo de bom!! http://fascinadapelomundo.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
  7. Gostei muito. foi a primeira vez que vim ao teu blog e consegui logo conhecer-te um pouco. Se quiseres podes dar uma espreitadela ao meu primeiro texto aqui na blogosfera http://remembertobemysel.blogspot.pt/

    ResponderEliminar