És a razão pela qual nunca deu certo antes


Sempre me considerei uma rapariga com pouca sorte no amor. Aliás, pouca sorte é um grande eufemismo para descrever as minhas pseudo relações amorosas. Sempre fui a metade da laranja que ninguém quis. Sempre fui a amiga e confidente. Nunca entendi porquê. Até agora.

Sabiam que o amor pode ser uma coisa terrível quando não se ama a pessoa certa? Aprendi-o das piores formas. E por ter sofrido tanto, sempre fui uma pessoa insegura. Não só em relação aos outros, mas em relação a mim própria e ao que penso quando me olho ao espelho. E essa é das piores sensações que se pode sentir. Pena de nós próprios. Era isso que sentia quando pensava em mim e na vida que levava. Até agora.

Agora, tenho-te a ti. Para desafiares todos os meus medos e inseguranças. Tenho-te a ti para me dizeres que não preciso de ser perfeita para ter a beleza da lua, aos teus olhos. Não preciso de ser perfeita para que não tenhas receio de dizer ao mundo que estás ao meu lado e que eu sou tua, para o que der e vier.

Agora, tenho-te a ti. Para que o amor seja algo verdadeiro e doce. E agora entendo o porquê. És a razão pela qual nunca deu certo antes.

ESTE TEXTO FAZ PARTE DO PROJECTO CAFÉ COM BLOG


Patrícia Lobo
Romântica incurável, convicta de que é o amor que nos move. Portuguesa. Filha mais velha dos melhores pais do mundo. Mas, sobretudo, menina do papá. Amante de letras e números. Viciada em séries, música e beijos na testa.
Vinte e três anos, um metro e cinquenta e oito de altura. Sou muito mais do que aquilo que penso ser. Quero ser muito mais do que aquilo que sou.

8 comentários:

  1. Que legal o post, amei.
    È verdade o amor as vezes é complicado, mas nada que o tempo não encarrega de colocar as pessoas certas no nosso caminho. Também penso assim, que não tenho sorte e tal, mas temos que acreditar que temos sim.
    Vim pelo grupo Café com Blog, fiz um post fresquinho agora vem conferir.
    Seguindo https://blogdajenny2014.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo aquilo que merecemos, chega até nós. Só temos de ser pacientes!

      Obrigada pela visita *

      Eliminar
  2. Não acredito que tu blogas! Eu lembro-me de ti pelos blogs há praí 10 anos??? Ó Meu Deus! Faz-me lembrar aqueles tempos de pré adolescente de novo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também me lembro de ti! Principalmente, porque andávamos as duas bastante pelo Twitter! É verdade, nunca deixei de escrever e de manter blogues. Agora não o faço com tanta frequência, mas gosto sempre de vir aqui dizer qualquer coisa.

      Adorei o facto de te teres lembrado de mim! Obrigada pela visita *

      Eliminar
  3. Eu espero um dia encontrar aquele que será a "razão pela qual nunca deu certo antes", pois ainda me sinto como aquela que não tem sorte no amor, talvez por ainda não ter encontrado a pessoa certa.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando menos esperares, é isso mesmo que irá acontecer. Do nada, a pessoa certa vai cair-te nos braços e quando te aperceberes, já és aquela que tem sorte no amor!

      Obrigada pela visita *

      Eliminar
  4. Olá Patrícia, tudo bem com vc?! Lindo texto, sincero, puro. Ah, pode não ser perfeito a pessoa certa, afinal, perfeição não existe mas concordo contigo, um dia, aquela pessoa especial surge e faz a gente entender o porque das outras terem sido 'erradas' até então. A gente precisa se amar e ver que não estamos com alguém que não nos faz bem é essencial. Uma relação é feita para crescermos juntos, não para ser uma via de mão única não é? Lindo texto!Beijos beijos!

    Metamorphya•••

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Bruna,

      Verdade tudo aquilo que disseste!

      Obrigada pela visita. Beijo *

      Eliminar